Perfumaria e Cosméticos

Perfumaria e Cosméticos
Compre os seus produtos de beleza on-line.

Escola Bíblica Dominical - 2º Trimestre 2017 - Lição Nr 04

sexta-feira, 30 de maio de 2014

A Esperança de Um Novo Amanhã...

“Antecipei o cair da noite, e clamei; esperei na tua palavra.” – Salmos 119:147
Tudo em nossa vida está baseado no que nós cremos, por mais dificultoso que seja o nosso caminhar, de certa forma, podemos determinar nosso futuro, dai você pode me questionar o futuro não pertence a Deus? Logicamente, mais o que quero te dizer, é que, se eu proponho dentro de mim, estudar para medicina, e, assim eu faço, não tem como eu não me tornar uma médica, assim acontece com qualquer outra função, é igual eu plantar sementes de milho certamente eu irei colher as espigas daquelas sementes, impossível colher outro fruto, logo, entendo que; se eu planejo coisas boas para a minha vida, se eu desejo coisas boas para o meu próximo, se eu auxilio na formação de uma sociedade digna, se eu contribuo com o honesto e justo, certamente terei fruto de progresso e paz. Nota o homem sincero, e considera o reto, porque o fim desse homem é a paz. Salmos 37:37, então, eu posso desenhar meu futuro. Eu só não terei certeza que irei usufruir do meu plano, porque a vida pertence a Deus. Porque não sabe o que há de suceder, e quando há de ser, quem lho dará a entender? Eclesiastes 8:7.
Embasado nisto, o que devo fazer então? Planejar meu futuro, mais, primeiramente confiar em Deus, ou seja, eu vou sonhar meu amanhã e colocar nas mãos daquele que pode concretizar, vou deixar que Ele desenrolem os meus planos, que Ele venha trazer a evidência o meu desejo. Seria como eu planejar uma casa e contratar um engenheiro para construir, então, vou falar para ele o que está na minha mente, passar as mãos dele meu esboço, e ouvir a opinião dele, permitir que ele faça as mudanças coerentes e que coloque os ajustes no lugar preciso, então ele irá desenvolver da forma correta e me devolver meu sonho pronto. E há esperança quanto ao teu futuro, diz o Senhor, porque teus filhos voltarão para os seus termos. Jeremias 31:17.
É exatamente assim que funciona em nossas vidas, precisamos sonhar e entregar os nossos sonhos a aquele que pode fazer as devidas mudanças os ajustes necessários, tirar o que extrapola, e acrescer o útil, porém quem pode fazer isso para nós? Deus! Porque Ele é o único que sabe todas as coisas, que conhece o amanhã, sabe do nosso amanhecer, O tolo multiplica as palavras, porém, o homem não sabe o que será; e quem lhe fará saber o que será depois dele? Eclesiastes 10:14, Ele, sabe o que nos fará bem quando nossas mudanças de pensamentos acontecerem, porque nenhum de nós sempre tivemos os mesmos pensamentos, nenhum de nós sempre queríamos a mesma coisa, é justamente por isso que o arquiteto indispensável para nossas vidas têm que ser Deus, porque a Ele pertence o futuro, no dia da prosperidade goza do bem, mas no dia da adversidade considera; porque também Deus fez a este em oposição àquele, para que o homemnada descubra do que há de vir depois dele. Eclesiastes 7:14, mais você pode dizer, eu nem conheço Deus, nem acredito que Ele exista, então faz o seguinte; deixa nascer o desejo dentro de ti em saber quem Ele é, porque, se tão logo eu coloco dentro do meu coração o propósito de conhecer a Deus, obviamente, Ele irá revelar-se para mim, E buscar-me-eis, e me achareis, quando me buscardes com todo o vosso coração. Jeremias 29:13.
Podemos planejar qualquer coisa, mais a resposta vem de Deus, Muitos propósitos há no coração do homem, porém o conselho do Senhor permanecerá. Provérbios 19:21, ouça os conselhos de Deus, ouça a voz daquele que criou todas as coisas, atenda o apelo do auto da vida, Dá-me, filho meu, o teu coração, e os teus olhos observem os meus caminhos. Provérbios 23:26, por mais boas intenções que você tenha, seus projetos só serão realizado se Deus permitir, e você só ira gozar dos seus projetos em paz, se, este for construídos por Deus, então, seja sábio, convide quem sabe e pode para ser seu parceiro, convide o dono da sabedoria para te orientar, Filho meu, se o teu coração for sábio, alegrar-se-á o meu coração, sim, o meu próprio. Provérbios 23:15, você não pagará nada, só ganhará, ganhará teus sonhos realizados, tua vida erguida, teu futuro garantido e além de tudo terá vida eterna.

quarta-feira, 28 de maio de 2014

A Trombeta e a Batalha...

Pois também, se a trombeta der som incerto quem se preparará para a batalha? (I Co 14:8)
Pensando  nos ministérios ligados ao louvor na Igreja é que queremos refletir sobre o texto bíblico acima.
Um primeiro passo seria associarmos: trombeta e batalha. Trombeta nos lembra música, porém batalha não se parece com música. Talvez até mesmo nos dê a impressão de que quando a batalha começa a “música” tem que parar.
O que o texto nos informa é que a batalha está relacionada com o sonido da trombeta. A nossa função enquanto ministério de louvor na igreja é preparar o povo para a batalha. Culto não é entretenimento, é batalha. Uma batalha espiritual.
Em toda batalha corre-se risco de vida ou morte. Esse é o tom da responsabilidade da nossa adoração. Só um soldado louco é que levaria “na brincadeira” uma batalha! A comunicação da trombeta faz com que o exército compreenda o que se deve fazer, sendo assim o papel de quem dá o sonido da trombeta é essencial. Um bom louvor facilita o pregador entregar a mensagem, um bom louvor por si só carrega uma mensagem contida na Palavra, um bom louvor ministra cura, libertação e salvação na vida das pessoas. Basta percebermos que nem toda gente compreende a Palavra, mas facilmente pode emocionar-se e ser tocada num louvor, esquece quem pregou, o que foi pregado mas fica com a mensagem do louvor na cabeça.
Damos sonido incerto: quando não damos testemunho, quando não vivemos aquilo que nós cantamos, quando damos show para os humanos e meditar se realmente estamos agradando à Deus, quando fazemos as coisas relaxadamente, quando tocamos, cantamos e não ouvimos a mensagem, quando deixamos a vaidade entrar e com isso expulsamos o Espírito Santo de nós.
O louvor na Igreja não serve de “aperitivo” até que venha a mensagem como prato principal. Quem de nós pode dizer quando o Senhor irá operar no culto? A batalha já existe antes do culto, e torna-se mais renhida quando o culto começa. Não tendo uma visão nítida do mundo espiritual, devemos tocar pela Fé, na certeza que a batalha está sendo vencida quando cumprimos a nossa parte.
O louvor fornece armas para que pessoas sendo libertas passem a lutar do nosso lado no exército. O louvor leva as pessoas a focarem suas mentes e corações no Senhor, prepara o nosso ser para desfrutar o mover daquele culto.
Não podemos esquecer que podemos dar “sonidos incertos” também nas “pequenas” coisas:volume do som, comportamento antes e depois da ministração do louvor, escolha das canções, “excessos” de uma maneira geral, roupas. Detalhes que fazem a diferença numa batalha em que hárisco de vida.
A Batalha já começou! Estás pronto?!

terça-feira, 27 de maio de 2014

Porque o Cristão sofre...

Porque o Cristão sofre tanto? Resposta:

porque o crente sofre

No âmago da mensagem do livro de Jó, acha-se a sabedoria que responde à questão a respeito de como Deus se envolve no problema do sofrimento humano. Em cada geração, surgem protestos, dizendo: “Se Deus é bom, não deveria haver dor, sofrimento e morte neste mundo”. Com este protesto contra as coisas ruins que acontecem a pessoas “boas”, tem havido tentativas de criar um meio de calcular o sofrimento, pelo qual se pressupõe que o limite da aflição de uma pessoa é diretamente proporcional ao grau de culpa que ela possui ou pecados que comete. No livro de Jó, o personagem é descrito como um homem justo; de fato, o mais justo que havia em toda a terra. Mas Satanás afirma que esse homem é justo somente porque recebe bênçãos de Deus. Deus o cercou e o abençoou acima de todos os mortais; e, como resultado disso, Satanás acusa Jó de servir a Deus somente por causa da generosa compensação que recebe de seu Criador. Da parte do Maligno, surge o desafio para que Deus remova a proteção e veja que Jó começará a amaldiçoá-Lo. À medida que a história se desenrola, os sofrimentos de Jó aumentam rapidamente, de mal a pior. Seus sofrimentos se tornam tão intensos, que ele se vê assentado em cinzas, amaldiçoando o dia de seu nascimento e clamando com dores incessantes. O seu sofrimento é tão profundo, que até sua esposa o aconselha a amaldiçoar a Deus, para que morresse e ficasse livre de sua agonia.

Na continuação da história, desdobram-se os conselhos que os amigos de Jó lhe deram, Elifaz, Bildade e Zofar. O testemunho deles mostra quão vazia e superficial era a sua lealdade a Jó e quão presunçosos eles eram em presumir que o sofrimento indescritível de Jó tinha de fundamentar-se numa degeneração radical do seu caráter. Eliú fez discursos que traziam consigo alguns elementos da sabedoria bíblica. Todavia, a sabedoria final encontrada neste livro não provém dos amigos de Jó, nem de Eliú, e sim do próprio Deus. Quando Jó exige uma resposta de Deus, Este lhe responde com esta repreensão:

“Quem é este que escurece os meus desígnios com palavras sem conhecimento? Cinge, pois, os lombos como homem, pois eu te perguntarei, e tu me farás saber” (Jó 38.2, 3).

O que resulta desta repreensão é o mais vigoroso questionamento já feito pelo Criador a um ser humano. A princípio, pode parecer que Deus estava pressionando Jó, visto que Ele diz:

“Onde estavas tu, quando eu lançava os fundamentos da terra?” (v. 4)

Deus levanta uma pergunta após outra e, com suas perguntas, reitera a inferioridade e subordinação de Jó. Deus continua a fazer perguntas a respeito da habilidade de Jó em fazer coisas que lhe eram impossíveis, mas que Ele podia fazer. Por último, Jó confessa que isso era maravilhoso demais. Ele disse:

“Eu te conhecia só de ouvir, mas agora os meus olhos te vêem. Por isso, me abomino e me arrependo no pó e na cinza” (42.5-6).

Neste drama, é digno observar que Deus não fala diretamente a Jó. Ele não diz: “Jó, a razão por que você está sofrendo é esta ou aquela”. Pelo contrário, no mistério deste profundo sofrimento, Deus responde a Jó revelando-se a Si mesmo. Esta é a sabedoria que responde à questão do sofrimento — a resposta não é por que tenho de sofrer deste modo particular, nesta época e circunstância específicas, e sim em que repousa a minha esperança em meio ao sofrimento. A resposta a essa questão provém claramente da sabedoria do livro de Jó: o temor do Senhor, o respeito e a reverência diante de Deus, é o princípio da sabedoria. Quando estamos desnorteados e confusos por coisas que não entendemos neste mundo, não devemos buscar respostas específicas para questões específicas, e sim buscar conhecer a Deus em sua santidade, em sua justiça e em sua misericórdia. Esta é a sabedoria de Deus que se acha no livro de Jó.

R. C. Sproul

Obviamente essa resposta tão clara e objetiva á um problema marcante da vida cristã não satisfaz as mentes frívolas do tipo comum que perambulam pelo arraial cristão nesses últimos dias. O cristão comum moderno ingeriu uma fé totalmente materializa mixada com a falsa ciência da psicologia e ideologias de auto-ajuda, adaptações exigidas por uma sociedade cada vez mais humanista. Colher um sofrimento que não se plantou soa absurdo para uma legião de crentes que foi convencida a acreditar no sofisma de que nasceu para ser feliz. O crente mediano do século XXI não abre mão de seu bem estar em primeiro lugar e age como se Deus existisse para servi-lo. Essa é a razão porque o cristão moderno encontra tremenda dificuldade em compreender como os cristãos da bíblia conseguiam apresentar um testemunho de nível tão elevado em meio a dificuldades aterradoras. Se olhar-mós para o ponto de partida da fé desses primeiros cristãos então iremos entender o porquê de apesar de verbalizar fé no mesmo Deus, nossos testemunhos são tão inferiores.

segunda-feira, 26 de maio de 2014

montedo.com: 28,86%: de olha na eleição, Dilma pode pagar para ...

montedo.com: 28,86%: de olha na eleição, Dilma pode pagar para ...: O Dia, 12/4/14 (Reprodução: Montedo.com - colaboração: R. A.)

COPA do Arrependimento...

COPA do Arrependimento!

- Prefeitura do RJ convidou feiticeiros chamãs para fazerem trabalhos contra o mal tempo na COPA.
- Vários países estão alertando sobre os perigos do Brasil na COPA devido ao caos, sequestros, violência, prostituição, protestos...
- O Brasil possui no mínimo 704 mil crianças trabalhando como adultos, longe dos estudos, esse número pode ser de até 1 milhão.
- Temos no Brasil a cada 15 segundos, mais de 1 mulher sendo agredida fisicamente sem prestar queixas e as que denunciam não tem retorno ou proteção alguma por parte da justiça.
- Nossos hospitais estão um caos, os médicos da alta sociedade faltam, atrasam atendimentos e só sabem vender remédios aos pobres.
Escolas possuem vendas de drogas, não teem segurança, professores qualificados, nem um bom salário aos mesmos e os diretores estão desviando verbas de reformas.
- Temos uma cultura racista no Brasil. As cotas para negros nas universidades é uma das muitas ´comemorações` rascistas no Brasil.
- Nossa polícia é despreparada, assassinam e reprimem pessoas como querem e não são punidos. O ´espírito` de ditadores militares e fascismo permanecem os mesmos.
- Os assassinos da ditadura e carandirú estão impunes, mataram e torturaram milhares de pessoas por ódio e prazer. E um grande derramar de sangue poderá acontecer no Brasil por causa dos protestos.
- O país está sofrendo um surto e epidemia letal de dengue e drogados enquanto nosso Estado está gastando mais de 30 bilhões de reais com a COPA. O EUA terá tropas de polícias especiais no Brasil e adivinha quem estará pagando o salário extra deles?
- O brasileiro não pode adotar uma criança facilmente, mas um estrangeiro ou alguém da alta sociedade sim. Muitos deles são satanistasou de religiões afro que oferecem crianças em rituais.
- A lei Maria da Penha não funciona e não captura agressores e quem ganha dinheiro com isso são os contratados da justiça que não fazem justiça.
- As dezenas de padres do Brasil denunciados de estuprar crianças não foram presos.
- Somos o país mais sexólatra e promotor de sexo ilícito do mundo, promovendo sexo no carnaval, com as crianças nas estradas e formando viciados em pornografia. Isso aumentará na COPA.
- As prostitutas e homossexuais prometem trabalhar em dobro nas ruas durante a COPA. Agências prostitutas virão ao Brasil para recolherem garotas para seus países.
- Nossas crianças serão exploradas por estrangeiros durante a COPA, principalmente as virgens que são mais caras. Nossos empresários estão investindo em camisetas semi pornográficas a fim de fomentar a baixaria brasileira.
- O nosso Estado é comandado por um partido feiticeiro e a favor da classe GLBT. A cada dia temos um ´casamento` gay no Brasil.
- A COPA é a favor da alta sociedade, os pobres não participarão, a não ser em casa tomando cerveja na frente dos filhos.
- Milhões de reais estão sendo roubados pela corrupção dos nossos políticos todos os anos. O problema não está em quem liderá o país, mas quem lidera a cadeira dos políticos, e isso é espiritual.
- O Estado quer ainda nesse ano, estudos nas escolas a favor da umbanda/candomblé e da classe GLBT obrigatoriamente. Os alunos serão impedidos de pensar e serão escravos como na Coréia obedecendo cartilhas. Professores já estão dizendo que tem material do Candomblé sendo distribuído nas escolas, ensinando crianças a incorporem demônios. Temos um caso de um adolescente de 14 anos que foi nomeado pai de santo em uma escola.
- Teremos muitos assassinatos nos protestos contra a COPA, devido o despreparo da polícia e o ódio da população que deseja vingança. Os Black Blocs da Europa participarão no Brasil. Com certeza o crime organizado também participará.
- A Prefeitura de SP sempre apagou e reprovou os grafites chamando os artistas de maloqueiros, agora estão grafitando toda SP por causa da Copa.
- Crianças e adolescentes que desaparecem todos os dias são vítimas de rituais e remoção de órgãos para o tráfico ilegal e satanismo. O humorista nordestino das pegadinhas e trote de uma rádio paulistana foi indiciado pela Polícia por pedofilia e envolvimento com rituais macabros envolvendo assassinato de crianças.
- Alexandre Pires, o embriagado de wisky que assassinou um inocente na rua após sair de uma balada com seu carro, inaugurará os jogos cantando o tema da COPA. A liberdade dele custou 250 mil reais.
- Ronaldinho envolvido com drogas e homossexualismo, Pelé com o filho traficante junto a uma quadrilha de 50 pessoas, ambos sem referencial algum para o Brasil, agora querem dar lição de moral e ética aos brasileiros que protestam contra a FIFA e os maus gastos de verbas públicas brasileiras.
- Ficaremos com problemas de água em breve, temos taxas e impostos abusivos, passagens caríssimas, pedágios injustos, mega lotação carcerária, pontos de drogas em todos os bairros, cracolândias por toda São Paulo...

Se te incomoda cristão e intercessor...
Então ore, chore, se coloque nessa brecha toda, se arrependa pelo seu território brasileiro e não por uma pátria. Todos os assuntos acima são temas de constante oração.
Não seja brasileiro de 4 em 4 anos, seja um amante da justiça como Deus ama, atue todos os dias com sua oração pelo perdão de Deus sobre os pecados e contra os principados e potestades do Brasil.
Não proteste com violência, mas com intercessão e guerra espiritual denunciando as legalidades das nossas autoridades políticas. Osprotestos são tudo o que o SISTEMA quer, isso está na Bíblia e só vão se intensificar e preparar a terra para o anti Cristo!
Sua oração vai salvar, libertar e proteger vidas, mesmo que tudo pareça estar igual.
Não mal diga ou amaldiçoe as autoridades, Deus é quem vai tratar deles com Seu juízo. Queremos um Brasil no centro da vontade de Deus.
Você não é todo mundo, não entre no ´espírito` sujo da COPA e da Tv manipuladora, não somos um com a corrupção como eles vão cantar na abertura dos jogos, somos o Corpo de Cristo, nossa pátria e líder é outro, Jesus, participe, divulgue, compartilhe, anuncie, pregue...
A maior religiosidade é você fingir que não sabe de nada e que o problema não é seu.


Pastor Everaldo participa de debate com prefeitos de todo o país

Pastor Everaldo participa de debate com prefeitos de todo o país

Edifique seu Casamento...

O Casamento verdadeiro te leva ao Reino de Deus, a união carnal somente; te leva ao inferno...
Edifique seu casamento sobre uma rocha, esta rocha é Jesus Cristo, e não sobre a areia para não desmoronar, hoje vivenciamos casamentos e casamentos, é um casa separa e ainda os ajuntamentos de pessoas...
Você que se considera um Cristão Evangélico (salvo por Jesus), mas no entanto existem ainda algumas condições sociais e espirituais a serem corrigidas, não encare este artigo como um julgamento ou ainda uma condenação; errar é algo humano mas no entanto deve-se buscar em Deus a correção de nossos erros (pecados), um dos grandes pecados que estão sendo acometidas as nossas igrejas é que pessoas se conhecem e começam a viver um grande amor, este amor parte para um relacionamento mais intimo, ai vem o pecado, sim o pecado da prostituição. Um homem solteiro e uma mulher solteira, o que os impede de selarem uma aliança verdadeira com Deus e com a pessoa que ama, se existe algum impedimento legal busque a resolução do impedimento, para que você seja liberto do pecado, viver sem contrair um matrimônio oficial perante um Juiz de Direito e principalmente perante Deus é um pecado, e são muitas as pessoas que vivem esta situação, coloque diante de seu companheiro, de sua companheira esta condição que você está vivendo "é um pecado de prostituição" só que a diferença entre viver no pecado e corrigir o erro do pecado. "O Senhor prova o justo, mas o ímpio e a quem ama a injustiça, a sua alma odeia." (Salmos 11:5) o casamento é uma forma de justiça perante Deus e os homens, principalmente perante Deus que foi o criador, projetor e instituidor do casamento entre homem e mulher (o que te impede de consumar seu casamento) "Porque esta é a vontade de Deus, a vossa santificação; que vos abstenhais da fornicação; Que cada um de vós saiba possuir o seu vaso em santificação e honra; 1 Tessalonicenses 4:3-4." Fornicação é pecado...
A palavra fornicação, apesar de ser bem conhecida no meio evangélico, só aparece na Bíblia Almeida versão Revista e Corrigida, nos versículos de At 15. 29 e 1 Co 5.1.
Segundo o dicionário Almeida, fornicação significa "relações sexuais ilícitas (At 15.29, RC)" . A palavra Ilícita, segundo o mesmo dicionário, significa "Que é contra a lei ou a moral (Mt 5.32, RA)". Juntando as definições, podemos definir fornicação como "relação sexual feita de forma imoral e contra a lei de Deus".
É preciso entender que fornicação não é apenas o sexo fora do casamento, mas também adultério (Mt 5.27-28), pornografia (I Co 6.18), homo sexualismo (Rm 1.27) e até mesmo o sexo contrário a natureza (Rm 1.26).
Para Deus o sexo aprovado é somente aquele que é feito no casamento. No Antigo Testamento, o sexo era a consumação do casamento. Em Gênesis 24.67, a Bíblia narra o casamento de Isaque com Rebeca:
"Isaque conduziu-a até à tenda de Sara, mãe dele, e tomou a Rebeca, e esta lhe foi por mulher. Ele a amou; assim, foi Isaque consolado depois da morte de sua mãe."
Em 1 Coríntios 6.16 a Bíblia Sagrada mostra que quando um homem tem relação com a prostituta, torna-se uma só carne com ela:
 
      "Ou não sabeis que o homem que se une à 
     prostituta forma um só corpo com ela? Porque,
        como  se diz, serão os dois uma só carne."


Uma só carne é a mesma expressão usada em Gêneses 2.24, texto referido a união (casamento) de Adão e Eva. Portanto, a relação sexual é a união de duas carnes em uma, o casamento.

Desta forma não deve ser praticado por diversão ou alívio da carne; é um compromisso muito sério, e deve ser reservado para a pessoa separada por Deus para ser o cônjuge. Um exemplo real que acomete os cristãos "sou cristão ou sou cristã" conheci alguém e vivemos maritalmente esta situação não existe na visão de Deus para o homem e mulher que se diz de Deus, o que te impede de casar oficialmente e retirar este peso de sua vida e da vida da pessoa que você ama, você tem medo ou vergonha e já se acomodou por estar nesta situação a muito tempo, Deus te chama hoje para acertar os ponteiros com Ele, não olhe para os críticos olhe somente para o Deus que te quer feliz aqui neste mundo e principalmente na vida eterna com Jesus Cristo.
A pornografia e as carícias maliciosas do relacionamento do namoro ou noivado, como já foram citadas, também podem ser consideradas como fornicação, pois enquadram-se na imoralidade sexual descrita em 1 Coríntios 6.18.
"Fujam da imoralidade sexual! Qualquer outro pecado que alguém comete não afeta o corpo, mas a pessoa que comete imoralidade sexual peca contra o seu próprio corpo."
"Por causa disso, os entregou Deus a paixões infames; porque até as mulheres mudaram o modo natural de suas relações íntimas por outro, contrário à natureza; Romanos 1:23-24"
Jesus Cristo reforça a importância do casamento (oficial) criado e instituído por Deus: "Por isso deixará o homem a seu pai e a sua mãe, e unir-se-á a sua mulher, E serão os dois uma só carne; e assim já não serão dois, mas uma só carne. Portanto, o que Deus ajuntou não o separe o homem. Marcos 10:7-9"
"Disse-lhe a mulher: Senhor, dá-me dessa água, para que não mais tenha sede, e não venha aqui tirá-la. Disse-lhe Jesus: Vai, chama o teu marido, e vem cá. A mulher respondeu, e disse: Não tenho marido. Disse-lhe Jesus: Disseste bem: Não tenho marido; Porque tiveste cinco maridos, e o que agora tens não é teu marido; isto disseste com verdade. Disse-lhe a mulher: Senhor, vejo que és profeta. Nossos pais adoraram neste monte, e vós dizeis que é em Jerusalém o lugar onde se deve adorar. Disse-lhe Jesus: Mulher, crê-me que a hora vem, em que nem neste monte nem em Jerusalém adorareis o Pai. Vós adorais o que não sabeis; nós adoramos o que sabemos porque a salvação vem dos judeus. Mas a hora vem, e agora é, em que os verdadeiros adoradores adorarão o Pai em espírito e em verdade; porque o Pai procura a tais que assim o adorem. Deus é Espírito, e importa que os que o adoram o adorem em espírito e em verdade. João 4:15-24"

Se existe a prática da fornicação em sua vida, deixe-a e peça perdão a Deus. Ande em santidade é será abençoado hoje e até a eternidade. Seja um verdadeiro adorador, não somo perfeitos humanamente falando mas quando nos referimos à Deus importa que sejamos verdadeiros pois Ele conhece e sabe o que passa em nosso coração pois Ele nos criou...

domingo, 25 de maio de 2014

Deus Perdoa e Sara...

Deus Perdoa e Sara
Bendize, ó minha alma ao Senhor… É Ele que perdoa todas as tuas iniquidades e sara todas as tuas enfermidades. –Salmo 103. 1,3.
Ainda que você tenha nascido naturalmente de seus pais, você recebeu a vida de Deus. Ele te criou. Deus também é quem criou a tua vida espiritual, perdoando a todos os teus pecados e tirando você do pântano do desespero. A fé que você possui no teu Salvador, tua esperança na graça de Deus, são também presentes e dádivas que recebidas Dele.
Temos que compreender que tudo o que o Senhor nos exige, é “para que toda boca esteja fechada e todo o mundo seja condenável diante de Deus. Por isso, nenhuma carne será justificada diante Dele pelas obras da lei, porque pela lei vem o conhecimento do pecado” (Rm 3.19-20). Somente assim valorizaremos a graça, e apreciaremos os méritos de Jesus Cristo e tudo o que Ele padeceu para nos regatar. Somente então poderemos dizer como Davi: “Bendize, ó minha alma ao Senhor, e tudo o que há em mim, bendiga o seu santo nome”.
Esta é a santa obra de Deus. Ele a começa, fazendo-nos conhecer a sua vontade. Ele nos exigeamor, obediência, justiça, adoração, gratidão e humildade. O Espírito Santo testifica em nossos corações de modo que entendemos que esta é a vontade de Deus. Os que ouvem e obedecem ao testemunho do Espírito, em pouco tempo se dão conta de que são fracos, e que estão inclinados a fazer o contrário do que Deus quer. Que não conseguem ser santos, mas sim que o pecado se fortalece e eles caem uma e outra vez. Por isso, angustiados, clamam a Deus, reconhecendo suas faltas e extravios, confessando-lhe como são indignos e merecedores de seu abandono e castigo.
É ai então que entra Cristo. Ele chega com sua infinita graça e misericórdia quando menos se espera. Por pura graça, “É Ele que perdoa todas as tuas iniquidades e sara todas as tuas enfermidades… e que enche a tua boca de bens”.
Amado Pai Celestial, ajuda a todas as classes sociais, aos da cidade e aos do campo, para que te sirvam e se respeitem mutuamente. Amém.

sábado, 24 de maio de 2014

Salva do Pecado e Não no Pecado...

Salva do Pecado e Não no Pecado
O capítulo 59 de Isaías deveria ser meditado por todos aqueles que têm uma definição simples conceitual relativa ao pecado, por influência dachamada teologia liberal, que surgiu em fins do século XIX e que se consolidou no século XX,que tem desviado a muitos da verdade das Escrituras.
A teologia liberal prega e ensina a falsa noção de que o pecado é um problema para o mundo sem Cristo mas não para os cristãos.
Com isto, a Igreja perdeu o poder, porque o pecado tem prevalecido na maioria dos cristãos, os quais descansam neste falso ensino de que tudo está bem com eles simplesmente porque confessaram a Jesus como o Salvador deles, um dia.
Entretanto, poucos destes se colocam de fato debaixo do senhorio  de Jesus, poucos os conhecem como Senhor de suas vidas, tal como ocorria na Igreja Primitiva, de modo que isto era o segredo do poder de Deus que se manifestava neles e entre eles.
A condição do homem é de escravidão ao pecado e por isso lhe é dada a promessa de um Redentor, mas não um Redentor que deixará de continuar trabalhando para destruir completamente o pecado nas vidas daqueles aos quais tem redimido.
O homem precisa de um Redentor porque não é por sua própria capacidade e meios que pode vencer o pecado.
Por isso, o pecado que é denunciado neste capítulo 59 de Isaías, não é apenas o pecado dos ímpios, mas o pecado de toda a humanidade, inclusive dos cristãos.
O que Deus quer nos mostrar aqui é que toda e qualquer transgressão faz separação entre Ele e nós.
O quanto lhe desagrada um viver pecaminoso!
No capítulo anterior (58) nós vemos que a mera religiosidade (falsa) não pode enganar a Deus e trazer a nós o Seu favor, antes agrava as Suas correções.
Ele exige vidas verdadeiramente santas que mortifiquem toda forma de pecado.
Foi para este propósito que Ele nos proveu de um Redentor.
É um Redentor que nos separa das nossas transgressões .
Em Romanos se afirma que o Redentor nos desviará das nossas transgressões, e no texto do verso 20 deste capítulo de Isaías, no qual o texto de Romanos se baseia, é dito que o Redentor virá àqueles que se desviarem das transgressões.
Na verdade ambas as coisas  ocorrem simultaneamente, porque Cristo não pode desviar das transgressões quem não procure se desviar delas.
Deus julga o pecado onde quer que ele seja encontrado.
Falta de paz e alegria espiritual e divina são formas de Deus julgar o pecado.
Ele nos priva de Suas bênçãos espirituais.
Ele nos deixa à mercê das circunstâncias da vida.
As trevas prevalecem e não a luz.
E tantas outras coisas que nos roubam a paz de mente e o deleite pelo viver nos alcançam quando vivemos em pecado.
Isto está declarado de modo bastante enfático nos versos 9 a 11 deste capítulo 59 de Isaías:
“9 Pelo que a justiça está longe de nós, e a retidão não nos alcança; esperamos pela luz, e eis que só há trevas; pelo resplendor, mas andamos em escuridão.
10 Apalpamos as paredes como cegos; sim, como os que não têm olhos andamos apalpando; tropeçamos ao meio-dia como no crepúsculo, e entre os vivos somos como mortos.
11 Todos nós bramamos como ursos, e andamos gemendo como pombas; esperamos a justiça, e ela não aparece; a salvação, e ela está longe de nós.”.
A salvação referida no final deste verso 11 não é propriamente a salvação da alma pela fé em Cristo, mas a falta de livramentos, especialmente das opressões e tentações do Inimigo. Em suma, uma vida sem poder para vencer e prevalecer no meio das circunstâncias difíceis.
“1 Eis que a mão do Senhor não está encolhida, para que não possa salvar; nem surdo o seu ouvido, para que não possa ouvir;
2 mas as vossas iniquidades fazem separação entre vós e o vosso Deus; e os vossos pecados esconderam o seu rosto de vós, de modo que não vos ouça.”
Eis aqui declarada a verdade relativa a Deus e a nós. Não que Ele não queira salvar e abençoar, mas os nossos pecados impedem suas bênçãos; que nossas orações sejam ouvidas, e fazem com que Ele desvie o Seu rosto de nós.
É preciso se converter dos pecados para uma vida de verdadeira santidade e de obediência à vontade do Senhor, não apenas no pensamento, mas na vida prática, sobretudo no amor, misericórdia e justiça, que se exige de nós no relacionamento com o nosso próximo.
Não podemos esquecer que este capítulo de Isaías é uma continuação da resposta dada por Deus àqueles que estavam protestando que estavam jejuando e orando, e Ele, no entanto, não estava respondendo aos seus jejuns e orações.
Deus sempre quer salvar e abençoar, e tem provado isto com o fato de nos ter dado um Redentor, mas não pode haver vida vitoriosa, onde não haja empenho para se vencer o pecado.
O ouvido do Senhor não está cansado de ouvir orações e nunca se cansará de ouvi-las (v. 1), mas Ele, que é santo, não pode ouvir as orações dos que vivem na iniquidade.
Não é Deus que se cansa de ouvir orações, nós é que nos cansamos de orar.
Não são os Seus ouvidos que têm desprazer em nos ouvir. Nós é que não temos prazer em ouvi-lO, e especialmente aquilo que Ele nos diz na Sua Palavra.
E é este o motivo de não sermos ouvidos e atendidos por Ele quando pensamos que estamos orando, quando na verdade estamos exigindo que Ele faça aquilo que é da nossa própria vontade.
A teologia que afirma que por causa da misericórdia de Deus todos podem estar confiantes de serem ouvidos e atendidos em suas orações independentemente de viverem no pecado, é uma falsa teologia, porque faz uma afirmação que é contrária à verdade revelada na Palavra.
Por isso, para que não fosse anulada ou vencida por qualquer teologia liberal, a verdade relativa ao pecado do Seu próprio povo é apresentada pelo Senhor ao profeta com uma descrição gráficabastante impressiva nos versos 3 a 8.
São denunciadas:
- a violência e a iniquidade das mãos; e a mentira e a perversidade pronunciada pela boca (v.3):
- o mal que é abrigado no interior do coração produz atos de iniquidade e injustiça, e indiferença pela justiça; e por outro lado confiança no que é vão (v. 4);
- o trabalho e atividade deles estão voltados para a concepção do mal (ovos de basiliscos e teias de aranhas). O fruto das suas ações é alimento que produz morte e não vida, e quem atacar ainda que inadvertidamente o mal que eles concebem em seus corações, em vez de exterminá-lo, fará com que ele se reproduza (víbora que sai do ovo). (v.5).
- o produto das ações deles não servem para cobrir os seus pecados, porque suas obras são obras de iniquidade e de violência (v. 6).
- são inclinados apressadamente para o mal, e por isso derramam sangue inocente, e pensam somente em iniquidade, de maneira que há desolação e destruição no caminho deles (v. 7);
- por isso não podem conhecer o caminho da paz e da justiça, porque caminham por veredas tortas (v. 8).
Deus afirma também expressamente no final do verso 8 que aqueles que andam por caminhos tortuosos não podem conhecer a paz, isto é, viver e experimentar a paz sobrenatural do Senhor em toda e qualquer circunstância, porque Ele a reterá deles.
Quem vive no pecado não pode portanto esperar experimentar a paz do Senhor, porque esta e dada por Ele somente àqueles que não vivem na prática do pecado.
À luz de toda esta odiosidade do pecado que habita na natureza terrena de todas as pessoas, Deus declara através do profeta que somente Ele é a esperança do Seu povo.
Que a salvação é provida por Ele próprio, uma vez que o pecado contaminou tão profundamente toda a humanidade.
Ele se proverá de santos através do Redentor, pelo Seu próprio poder e méritos.
E este trabalho de purificação deste perverso coração pecaminoso é um trabalho que somente o Espírito Santo pode realizar.
O homem não está habilitado para realizar tal trabalho pela sua própria incapacidade e fraqueza decorrente do pecado que nele opera.
Por isso quando nos sentimos como mortos entre os vivos, por estarem as graças espirituais morrendo na nosso viver, e quando percebemos trevas em nós e ao nosso redor e não a luz de Jesus, quando nos sentimos incapazes e inabilitados para viver de modo justo e santo; quando andamos como cegos das verdades da Palavra de Deus e por isso tropeçamos (v. 9, 10).
Quando andamos gemendo como gemem as pombas, e esperamos pela justiça e ela não aparece, e por livramento, e sentimos que ele está longe de nós (v. 11), a causa disto sempre será a multiplicação das nossas transgressões diante de Deus, ainda que as conheçamos, porque apesar de conhecê-las Deus não nos dará o poder para vencê-las por causa da falta da nossa consagração a Ele para fazer a Sua vontade.
Nós nos sentiremos acusados pelas nossas iniquidades, mas não poderemos vencê-las enquanto não nos dispusermos a um verdadeiro arrependimento (v.12).
Quando a verdade deixa de ser praticada a iniquidade se multiplica.
Quando o Senhor e a Sua Palavra são negados por deixarmos de segui-lO, o nosso falar será opressivo e rebelde, e o nosso coração conceberá palavras de falsidade (v. 13).
Quando isto acontece o direito e a justiça que são segundo a verdade desaparecem, e a retidão não pode entrar em nossas vidas, em nossas famílias, em nossas igrejas, na nossa sociedade (v. 14).
Veja que não se diz no final do verso 14 que a equidade, isto é, a igualdade de todos perante Deus, será difícil de entrar em nosso meio, mas que ela não poderá entrar.
Isto porque a orgulho, a violência, a prepotência prevalecerão mesmo naqueles que sejam muitos religiosos.
Eles usarão a própria religião e espiritualidade para se sentirem superiores aos seus irmãos.
E Deus não pode de modo algum se agradar disto, porque quando a verdade desfalece, aqueles que procurarem viver de modo justo e santo, se desviando do mal, serão atacados pelos que estão sendo vencidos pelo mal (v. 15).
Quando todo o povo de Deus se encontra em tal condição quem poderá entre eles ser um intercessor efetivo para que este estado de coisas seja modificado?
E se houvesse alguém, por quanto tempo esta pessoa poderia prevalecer diante de Deus com a sua intercessão em favor de tão agravado estado de pecado?
Ninguém poderia fazê-lo pelo seu próprio poder e força. Esta é a grande verdade, e por isso o Senhor age por Sua exclusiva misericórdia para trazer a salvação ao Seu povo, deste estado miserável de derrota ao pecado (v. 16).
E não somente o Senhor se veste com a couraça da justiça e do capacete da salvação para lutar contra o mal para salvar os que se arrependerem de seus pecados, como também das vestes de guerra da vingança, com o manto do Seu zelo, para dar a cada um conforme as suas obras, para tomar vingança contra os Seus inimigos que não se arrependem dos seus pecados (v. 17,18).
Quando o Senhor julga os pecadores impenitentes os lançando com o Seu grande poder no tormento eterno, isto traz grande temor e glória ao Seu nome (v. 19), mas aos que se desviam das suas transgressões, pelo arrependimento, em vez de vingança contra o pecado, Ele envia na Sua bondade e misericórdia um Redentor e faz um pacto com estes e com os seus descendentes, de não retirar deles o Seu Espírito, e nem estas palavras verdadeiras, que colocou na boca do profeta, porque tem feito a promessa de mantê-las nas bocas destes que se arrependem e também na boca dos seus descendentes, isto é, daqueles que se converterão através do testemunho deles (v. 20,21).
Observe que o Espírito e a Palavra vão juntos, e é por eles que a Igreja é mantida. Porque a palavra nas bocas dos pastores não nos alcançará a menos que venha com a unção e o trabalho do Espírito.
O Espírito faz o Seu trabalho em justa cooperação com a Palavra de Deus, e é neste fundamento que a Igreja é edificada.
A couraça da justiça da armadura que usamos não é nossa mas do Senhor Jesus.
O capacete da salvação que usamos na pregação não é nosso, mas do Senhor.
E assim todos os itens da armadura que Paulo afirma em Efésios pertencem a Deus.

Classificação da Perseguição Religiosa 2016!

Classificação da Perseguição Religiosa 2016!
Classificação dos 50 Países com Perseguição Religiosa, onde seguir à Jesus pode custar a vida. Atualizado em 2016.

Noticias Gospel Mais...

Parceria

O Evangelho de Jesus Cristo, alçando o Mundo!

My Instram