Escola Bíblica Dominical - 3º Trimestre 2017 - Lição Nr 08

segunda-feira, 28 de janeiro de 2013

BODAS DE PRATA! O PROPÓSITO DE DEUS PARA NOSSAS VIDAS...

25 Anos de amor, lutas, vitórias e união! Graças a Deus por minha esposa e minha família... Deus já nos havia preparado em seu propósito, algo de maravilhoso para nossas vidas... — ELA & EU! Isete e Julio... 




No último dia 23 de Janeiro de 2013, minha esposa e eu completamos 25 anos de casados (bem casados); até aqui não foram poucas as lutas, as batalhas, algumas perdas; mas no entanto muitas foram as vitórias, conseguimos realizar os planos de Deus para nossas vidas. Juntos temos três filhos, uma neta e um genro, graças damos a Deus pois todos estamos buscando mais da presença do Senhor para nossas vidas. Nesta data tão importante para nós queremos deixar o nosso exemplo de vida, não somos perfeitos, somos falíveis, mas quando Deus tem um propósito para nós e certamente Ele tem um propósito e promessas para cada ser humano existente sobre a face da terra. Que Deus nos dê ainda muitos e muitos anos com vida e principalmente juntos...



Deus tem bênçãos para nos dar, mas também tem um propósito abençoado para nossas vidas que são“pensamentos de paz e não de mal para vos dar o fim que desejais” (Jeremias 29.11). Contudo, este propósito só pode acontecer quando “buscar-me-eis e me achareis quando me buscardes de todo o coração” (Jeremias 29.13).  Muitas vezes não entendemos o propósito de Deus para nós e ficamos lutando em vão até que então aprendemos que “invoca-me e te responderei e anunciar-te-ei coisas grandes e ocultas que não sabes” (Jeremias 33.3) que é propósito de Deus revelado a nós.

>
O povo de Israel teve muita dificuldade em entender e aceitar o propósito de Deus para suas vidas. Viviam reclamando. A murmuração é o louvor a Satanás. Ele tem prazer em ver o crente reclamando por que isso significa que não entendeu o propósito de Deus para sua vida e o inimigo tem legalidade para atrasar suas bênçãos. Por isso o Senhor disse ao povo que pelejaria por eles e se calariam (v.14). Quando não souber ou não entender o propósito de Deus para sua vida na situação que está vivendo, lembre-se que“bom é aguardar a salvação do Senhor, e isso em silêncio” (Lamentações 3.26).
Quando entendemos e aceitamos o propósito de Deus para nós, não apenas recebemos bênçãos do Senhor como passamos a viver uma vida abençoada mesmo diante das dificuldades por que sabemos que as promessas do Senhor não falharão.
Qual o seu propósito aqui hoje?
Vamos aprender com a caminhada de Moisés e o povo de Israel e ver como aprender, entender e aceitar o propósito de Deus em nossas vidas:
1- Aprendendo o Propósito de Deus:
Desde o seu nascimento, Deus teve um propósito especial para a vida de Moisés. Foi tirado das águas e livrado dos soldados para salvar o seu povo. Mas para aprender que Deus tinha um propósito para sua vida, Moisés precisou passar por duas escolas: a Escola do Palácio e a Escola do Deserto.
-A Escola do Palácio: durante os primeiros 40 anos de sua vida, embora não soubesse disso, Moisés foi preparado como um príncipe para governar um povo. Recebeu educação, aprendeu a conversar e se comportar como líder. Estudou com os melhores mestres e aprendeu a escrita para que depois de muito tempo o Senhor o ordenar escrever a sua Palavra. Se ele fosse criado com seus pais, não teria estas oportunidades.
Nós também passamos pela Escola do Palácio quando somos livrados por Deus, quando temos oportunidades de aprender e recebemos prosperidade. Se estiver tudo bem com você, saiba que está nesta escola e aprenda o máximo possível para Deus te usar depois. Como fez também José do Egito no tempo das vacas gordas reservando para o tempo das vacas magras.
-A Escola do Deserto: depois que Moisés começou a amar o povo hebreu e defendeu um escravo matando um egípcio, ele teve que fugir para o deserto de Midiã onde passou mais 40 anos de sua vida. Ali no deserto ele saiu dazona de conforto. Aprendeu a suportar o calor e o frio do deserto. Teve que se acostumar com os alimentos e aproveitar a água escassa. Aprendeu a cuidar do rebanho para depois guiar as ovelhas de Deus. Isso tudo era propósito de Deus para sua vida. No deserto constituiu família e teve uma vida feliz. Deus o estava treinando para viver no deserto e guiar seu povo a Canaã.
Também passamos pela Escola do Deserto quando somos provados por Deus. Sair da zona de conforto é necessário para aprender a viver e valorizar o que Deus nos dá.
Em que escola você está passando agora?
Deus está preparando você para um propósito especial!
2- Entendendo o Propósito de Deus:
Passar pela escola do palácio ou deserto é inevitável, mas entender é uma opção. Com mais de 80 anos de idade Moisés recebe o chamado de Deus na sarça ardente (Êxodo 3.1-14). Foi neste momento que ele entendeu o propósito de Deus para sua vida. Ele relutou com Deus dizendo que não sabia falar, mas Deus lhe dá sinais curando sua mão e transformando uma vara em serpente (Êxodo 4.1-17).
Moisés voltou ao palácio com Arão para anunciar as 10 pragas. Em todo o tempo Deus livrou o seu povo porque tinha um propósito para eles. Faraó teve oportunidades de entender, mas não quis.
O povo de Israel, que era pobre e escravo, em uma única noite se tornou dono de todo o rebanho do Egito (Êxodo 9.1-7), em uma noite as casas e palácios egípcios foram destruídas por uma chuva de pedras (Êxodo 9.13-28) e as casas dos hebreus foram preservadas e em outra noite se tornaram donos de todo alimento da terra por que as plantações dos egípcios foram destruídas pelos gafanhotos (Êxodo 10.1-20) e ao saírem levaram os tesouros deles de maneira que foram embora enriquecidos (Êxodo 12.35,36).
Não há como fugir do propósito de Deus e ser feliz. Entretanto quando entendemos a vontade do Senhor, Ele realiza maravilhas em nossas vidas e nos livra de todo o mal. Vivendo um propósito de Deus somos conduzidos a palácios e Deus não deixa faltar nada em nossas vidas. Deus usa coisas simples como a sarça e poderosas como o fogo para nos mostrar seu maravilhoso propósito.
Você está entendendo o propósito de Deus para sua vida?
Deixe Deus falar com você e te mostrar sua Vontade!
3- Aceitando o Propósito de Deus:
Depois que Moisés entendeu o propósito de Deus para ele, deixou de ser um homem fraco e irado para viver plenamente a vontade de Deus. Ele enfrentou tudo, voltou para o Egito e conduziu o povo para Canaã.  Se não tivesse compreendido e aceitado, não teria condições de suportar tudo o que enfrentou.
Como aceitar o propósito de Deus? Com ORAÇÃO e ATITUDE de fé!
Era isso que Moisés fez em cada situação. Primeiro orava ao Senhor contando o que acontecia e depois agia com autoridade dada por Deus. Veja:
-em perigos ao ser perseguidos por faraó diante do mar: Moisés orou ao Senhor e Deus colocou uma coluna de fogo de dia e de nuvem à noite para guiar o seu povo e os separar dos egípcios. Moisés estendeu a mão e o mar abriu e o povo passou. Depois estendeu a mão e o mar se fechou para livrar o povo e mostrar que o caminho que Deus tem em seus propósitos não tem volta, pois retroceder é a perdição (Êxodo 14.15-25).
-as águas amargas de Mara: depois de cantar e se alegrar do outro lado do mar, foram beber água, esta era amarga. Mas Moisés orou ao Senhor e Deus lhe mostrou uma árvore que lançou na água e esta ficou sã. O segredo aqui não é a árvore que curou a água e sim a atitude de obediência à Palavra de Deus. Depois disso foram para Elim onde Deus lhes deu um oásis com setenta palmeiras e doze fontes, uma para cada tribo (Êxodo 15.22-27).
-em momentos de fome: no deserto de Sim, quando iam caminhando, os alimentos que trouxeram do Egito acabou e o povo murmurou. Moisés orou novamente e Deus mandou o maná fazendo chover pão do céu para alimentar o povo (Êxodo 16.1-10).
-diante da gula do povo: eles se enjoaram do maná chamando-o de “pão vil” e queriam comer carne, mas seu rebanho ia acabando no deserto e não tinham carne para todos. Por isso murmuravam mais ainda. Moisés orou de novo a Deus e o Senhor enviou as codornizes (Êxodo 16.11-21).
-diante da sede do povo: passou um tempo mais e o povo chegou a um lugar chamado Refidim onde sentiram sede por não haver água para beber e o povo murmurou novamente contra Moisés. Ele orou a Deus e o Senhor mandou que tocasse na rocha que jorrou água para todos beberem (Êxodo 17.1-7).
-diante dos inimigos: começaram a surgir os povos ao redor querendo impedir o povo de chegar à Canaã. Os amalequitas atacaram o povo de Israel e Moisés entendendo o propósito de Deus já foi orar no monte profetizando a vitória de mãos erguidas sobre o povo de Deus.
Mesmo com tudo isso, o povo não entendeu. Achavam ótimo ser livrados das pragas, ter prosperidade, comer pão do céu, água no deserto e passar pelo meio do mar, contudo não acreditaram. Rejeitaram o propósito de Deus para suas vidas e sentiam saudades dos “pepinos, alhos e cebolas do Egito”(Números 11.5).





Vote Projetos

Crie seu próprio questionário de feedback de usuário - Professor Julio Cesar Martins

Perfumaria e Cosméticos

Perfumaria e Cosméticos
Compre os seus produtos de beleza on-line.

Jovens Gospel

Classificação da Perseguição Religiosa 2016!

Classificação da Perseguição Religiosa 2016!
Classificação dos 50 Países com Perseguição Religiosa, onde seguir à Jesus pode custar a vida. Atualizado em 2016.

Noticias Gospel Mais...

Parceria

O Evangelho de Jesus Cristo, alçando o Mundo!

My Instram