Perfumaria e Cosméticos

Perfumaria e Cosméticos
Compre os seus produtos de beleza on-line.

Escola Bíblica Dominical - 2º Trimestre 2017 - Lição Nr 04

quinta-feira, 31 de janeiro de 2013

Pr. Silas Malafaia - Vencendo a depressão - 2ª parte

Pr. Silas Malafaia - Vencendo a depressão - 1ª parte

Iniciando uma vida Cristã!


Aqui está uma carta surpreendente de um dos representantes de nossa escola bíblica na África:

"Cinco anos atrás, recebi um pedido do pessoal da Voz da Profecia para visitar um prisioneiro que era aluno da escola bíblica postal. Eu mostrei o pedido para as autoridades da prisão, que graciosamente me deram a permissão para a visita. Em virtude do desejo profundo daquele homem de estudar a Bíblia, eu o visitava regularmente.
Seis meses depois da minha primeira visita, ele pediu para ser batizado e se unir à igreja. As autoridades concordaram em arranjar as coisas necessárias para que o batismo pudesse ocorrer na prisão. Os carcereiros e outros prisioneiros se ajuntaram para testemunhar um dos mais tocantes batismos que já tive o privilégio de oficiar.
Pouco depois disso, nosso irmão foi libertado da prisão, apesar de ainda ter muito tempo restante para completar a pena. Quando perguntei o motivo, foi me dito que sua vida tinha mudado tão drasticamente, e ele era uma testemunha tão poderosa do seu Salvador e da sua religião que não se conseguia mais vê-lo nem tratá-lo como prisioneiro. Esse homem voltou ao convívio de sua família, e hoje é um líder de uma das nossas congregações no lugar onde mora".
1. QUAL É O SIGNIFICADO DO BATISMO?

Quando esse prisioneiro se tornou um cristão e sua vida mudou completamente, por que foi necessário que ele fosse batizado? Numa conversa com Nicodemos, o líder da comunidade religiosa que foi ver Jesus à noite, Jesus ressaltou para ele a importância e o significado do batismo:
"Ninguém pode ver o Reino de Deus, se não nascer de novo... se não nascer da água e do Espírito". João 3:3, 5 (A não ser quando indicado, todos os textos bíblicos da série DESCOBERTAS BÍBLICAS são da Nova Versão Internacional da Bíblia [NVI].).
Portanto, de acordo com Jesus, precisamos ser nascidos "da água e do Espírito". "Nascer do Espírito" significa entrar numa nova vida mediante uma mudança de mente e de coração. Por envolver um tipo de experiência completamente novo, e não apenas um aperfeiçoamento do velho estilo de vida, o ato de fazer parte do reino de Deus é denominado novo nascimento. O batismo pela água é um símbolo exterior que retrata a mudança interior. Nosso colaborador na África batizou um prisioneiro como reconhecimento de seu compromisso com Cristo e como símbolo da transformação que o Espírito Santo estava operando em seu caráter.
2. POR QUE EU DEVERIA SER BATIZADO?
Nossa salvação é possível em virtude de três grandes atos de Cristo:
"Cristo MORREU pelos nossos pecados, segundo as Escrituras, foi SEPULTADO e RESSUSCITOU no terceiro dia, segundo as Escrituras". I Coríntios 15:3, 4
Cristo possibilitou a nossa salvação mediante a Sua morte, sepultamento e ressurreição.
"Ou vocês não sabem que todos nós, que fomos batizados em Cristo Jesus, fomos BATIZADOS EM SUA MORTE? Portanto, fomos SEPULTADOS COM ELE na morte POR MEIO DO BATISMO, a fim de que, ASSIM COMO CRISTO FOI RESSUSCITADO DOS MORTOS mediante a glória do Pai, TAMBÉM NÓS VIVAMOS UMA VIDA NOVA". Romanos 6:3, 4
Cristo morreu por nossos pecados, foi sepultado, e então ressurgiu da tumba para nos dar uma nova vida de justiça. Ao sermos batizados, estamos simbolicamente participando de Sua morte, sepultamento e ressurreição. O batismo significa que morremos para o pecado com Cristo, sepultamos nossa vida de pecado com Cristo, e estamos ressurgindo para viver "uma nova vida" em Cristo. A morte e a ressurreição de Jesus se tornam a nossa própria morte e ressurreição. Deus pode fazer com que morramos para o pecado, como se tivéssemos crucificado nossa vida de pecado. Ele pode nos ressuscitar para as coisas do Espírito, como se estivéssemos ressuscitando dos mortos.

O ato físico do batismo representa simbolicamente os passos da conversão. Primeiramente, somos mergulhados na água, somos imersos completamente, da mesma forma que uma pessoa que morre é enterrada e coberta com terra. Isso mostra que estamos desejosos de morrer com Cristo e enterrar nosso velho estilo de vida. O batismo é um funeral, uma despedida formal de uma existência na qual o pecado nos dominava. Então, somos erguidos da água pela pessoa que está nos batizando, da mesma forma que uma pessoa é ressuscitada do túmulo. Isso mostra que somos uma "nova criação", que recebemos a "nova vida" prometida por Deus.
Apenas o batismo por imersão pode demonstrar precisamente o verdadeiro significado do batismo: morte, sepultamento e renascimento. O "batismo por aspersão" não simboliza adequadamente o novo nascimento.
O que realmente significa morrer com Cristo?
"Pois sabemos que o nosso velho homem foi crucificado com Ele, para que o corpo do pecado seja destruído ['seja deixado sem poder', nota da margem], e não mais sejamos escravos do pecado". Romanos 6:6
O batismo representa exteriormente o que uma pessoa deve fazer interiormente: entregar tudo a Cristo. Se não quisermos fazer isso, e nos apegarmos a qualquer das velhas coisas, continuaremos "escravos do pecado". Quando nos entregamos totalmente a Cristo, nossos desejos pecaminosos são "deixados sem poder", e nossa transformação começa.
Quem é responsável pela mudança que ocorre em nossa vida?
"Fui crucificado com Cristo. Assim, já não sou eu quem vive, mas CRISTO VIVE EM MIM. A vida que agora vivo no corpo, VIVO-A PELA FÉ NO FILHO DE DEUS, que me amou e se entregou por mim". Gálatas 2:20
Quando me identifico com a crucifixão de Cristo através do batismo, dou oportunidade para que uma poderosa força tome conta da minha vida: "Cristo vive em mim".
A fim de depositar sua vida totalmente nas mãos de Cristo, olhe primeiramente para Cristo morrendo na cruz. Não olhe para o pecado que ameaça você, não olhe para o seu passado e nem reclame; olhe para Jesus. Ao observarmos a maneira corajosa pela qual Cristo morreu no Calvário, conseguimos nos solidarizar com Ele e dizer: "Pelo poder da cruz, afirmo que estou morto para os velhos hábitos e me entrego a Deus. Escolho empunhar a bandeira de Cristo. De agora em diante, 'vivo pela fé no Filho de Deus que me amou e se entregou por mim' ".
Ao nos apropriarmos do poder da morte e ressurreição de Cristo, vemos mais e mais que as Suas boas qualidades substituem nossos velhos hábitos:
"Portanto, se alguém está EM CRISTO, é NOVA CRIAÇÃO. As coisas ANTIGAS já passaram; eis que surgiram coisas NOVAS". 2 Coríntios 5:17
Mediante o batismo, expressamos nosso desejo andar de mãos dadas com Jesus e vivermos uma vida nova e melhor "em Cristo". Jesus efetua em nós o que nunca poderíamos fazer por nós mesmos. Ressurgimos da água como "nova criação"; Ele nos concede poder e força para termos uma nova vida.
3. POR QUE JESUS FOI BATIZADO?
No Pentecostes, Pedro disse aos que buscavam se libertar da culpa que deveriam arrepender-se e ser batizados "em nome de Jesus Cristo para perdão dos seus pecados" (Atos 2:38). Já que Jesus nunca cometeu um único pecado, por que Ele se permitiu ser batizado?

"Então JESUS VEIO da Galiléia AO JORDÃO PARA SER BATIZADO por João... PARA CUMPRIR TODA JUSTIÇA". Mateus 3:13-15
Jesus era uma pessoa sem pecado. Ele não precisava se arrepender de qualquer pecado. Ele foi batizado por outra razão: "cumprir toda a justiça". Ao ser batizado, Jesus deixou um exemplo positivo para nós, seres humanos fracos e pecados. Cristo nunca pede a Seus seguidores para irem a algum lugar onde Ele já não tenha ido. Por isso, quando os crentes são imersos na água do batismo, eles estão seguindo os passos do Mestre.
Por ter morrido por nossos pecados, Cristo pode nos dar Sua justiça.
"Deus tornou pecado por nós aquele que não tinha pecado, para que nEle nos tornássemos justiça de Deus". II Coríntios 5:21
Diante de Deus, somos transformados de pecadores em santos, crescendo com isso na "justiça" e vivendo uma nova vida em Cristo.
4. POR QUE DEVERÍAMOS PASSAR PELA IMERSÃO?
Cristo foi imerso em Seu batismo; não aspergido com água. João O batizou no Rio Jordão "porque havia ali muitas águas" (João 3:23). Quando Jesus foi batizado, Ele desceu até a água e, "assim que Jesus foi batizado [em grego, 'imerso'], SAIU DA ÁGUA". (Mateus 3:16).
Quando entendemos o verdadeiro significado do batismo, temos pouca dificuldade em reconhecer e autenticar a forma de batismo. A própria palavra "batizar" vem da palavra grega baptizo, e significa mergulhar ou imergir.
Durante a visita de John Wesley à América em 1737, um júri de uma igreja, formado por 34 homens, discutiu com ele sobre a estranha decisão de "se recusar a batizar o filho do Sr. Parker, a não ser por imersão". É evidente que o pai do metodista batizava seus conversos por imersão.

O reformista João Calvino afirmou: "É certo que a imersão era a prática da igreja primitiva". Institutes of the Christian Religion, livro 4, cap. 15, seção 19.
A história da igreja primitiva deixa claro que o batismo significa imersão. Dean Stanley, da Igreja da Inglaterra, escreveu: "Pelos primeiro treze séculos, a prática quase universal do batismo era a mesma que lemos no Novo Testamento, e que é o próprio significado da palavra "batismo" - aqueles que eram batizados eram submergidos, imersos, mergulhados na água. Christian Institutions, pág. 21
Os batistérios para imergir os conversos começaram a aparecer em muitas igrejas que foram construídas entre o quarto e o quinto século na Europa e Ásia, igrejas como a Catedral de Pisa, na Itália, e a de S. João, a maior igreja de Roma.
Não foi até o Concílio de Ravenna, no começo do décimo quinto século que a Igreja Católica aceitou a aspersão como equivalente à imersão. Quanto a práticas da igreja, não devemos seguir o que um homem ensina, mas o que Cristo e Seus apóstolos ensinam.
Muitos cristãos sinceros cultivam a tradição do batismo de crianças, e dedicar os filhos a Deus desde que nascem, com certeza é recomendável. A Bíblia, contudo, deixa claro que uma pessoa deve ser ensinada qual o caminho da salvação antes do batismo (Mateus 28:19, 20): a pessoa deve crer em Jesus antes de ser batizada (Atos 8:35-38), e deve se arrepender do pecado e ser perdoada antes de ser batizada (Atos 2:38). Um bebê é incapaz de crer, arrepender-se e confessar seus pecados, que são passos que devem preceder o batismo.
5. POR QUE É IMPORTANTE SER BATIZADO?
De acordo com Jesus, o batismo é essencial para aqueles que desejam entrar no céu:
"Ninguém pode entrar no Reino de Deus, se não nascer da água e do Espírito". João 3:5
Jesus apresenta apenas uma exceção. O ladrão na cruz foi "nascido do Espírito", mesmo porque era impossível para ele deixar a cruz e ser imerso na água como um sinal de sua mudança de coração. Jesus lhe prometeu que estaria no paraíso (Lucas 23:42, 43). Para o ladrão, ser "nascido da água e do Espírito" representou aceitar o sangue de Jesus que estava sendo derramado para perdão dos seus pecados. Agostinho observou: "Há um caso de arrependimento na hora da morte registrado, o do ladrão arrependido, por isso ninguém deveria se desesperar; mas há apenas um, para ninguém supor que isso é aplicável a todas as situações".
O próprio Jesus deu essa solene advertência:

"Quem crer e for batizado será salvo, mas quem não crer [portanto, não for batizado] será condenado". Marcos 16:16
Ao morrer em nosso lugar no Calvário, Jesus tornou pública aquela demonstração do Seu amor por nós. Precisamos responder a uma confissão pública e sem receios de nosso compromisso com Cristo através do batismo. Você já se iniciou numa vida em Cristo? Você já foi batizado? Se não, por que não se preparar para fazer isso num futuro próximo?
6. O BATISMO É APENAS O COMEÇO
O batismo representa nosso compromisso com um estilo de vida cristão. Mas, nossa entrega pelo batismo não significa que podemos confiar que a transformação dura pelo resto da vida.

Quando uma criança nasce, uma celebração é preparada. Depois que o dia termina e o entusiasmo diminui, o bebê demanda cuidado diário, banhos, e uma constante preocupação por seu bem estar. O mesmo acontece quanto ao batismo. Paulo, falando de sua experiência, disse: "Todos os dias enfrento a morte" (I Coríntios 15:31). Mediante a rejeição diária do egoísmo, nos tornamos mais e mais dispostos a responder ao chamado de Cristo.
O rito do batismo, bem como a cerimônia de casamento, foi planejado para ser uma confirmação formal de que um relacionamento maravilhoso e crescente foi iniciado. A fim de crescer consistentemente, precisamos nos entregar diariamente a Cristo, e diariamente receber uma nova vida mediante a oração e o estudo da Bíblia.
7. UM MOTIVO PARA SE ALEGRAR
O batismo é motivo de grande alegria porque aqueles que colocam sua fé em Cristo têm a certeza da vida eterna. "Quem crer e for batizado será salvo" (Marcos 16:16). Quando somos batizados, iniciamos uma caminhada que nos leva para o alto, em direção à felicidade eterna.
O batismo também celebra a felicidade presente em Cristo. Ele promete o dom inestimável do Espírito Santo para aqueles que são batizados (Atos 2:38). Com o Espírito, recebemos também "o fruto do Espírito", o "amor", que enche a vida com "alegria, paz, paciência, amabilidade, bondade, fidelidade, mansidão e domínio próprio" (Gálatas 5:22, 23).
Ter Jesus vivendo em nós através do Seu Espírito Santo nos dá uma profunda certeza. "O próprio Espírito testemunha... que somos filhos de Deus" (Romanos 8:16).
Essa relação segura com Deus nos traz muitos benefícios, mas não nos garante uma vida livre de problemas. Na verdade, o inimigo freqüentemente tenta colocar as maiores dificuldades na vida daqueles que há pouco tempo fizeram seu compromisso com Cristo. Contudo, quando estamos nas mãos de Deus sabemos que Ele usa todas as coisas que acontecem a nós, sejam boas ou ruins, para nos ensinar e nos ajudar a crescer (ver Romanos 8:28).
Uma jovem tomou a decisão de entregar sua vida a Cristo, e ser batizada, apesar da ameaça de seu marido de se divorciar dela caso isso acontecesse. Ele não queria tomar parte na nova fé dela, mas ela ficou firme com Jesus e tentou se tornar uma esposa mais amável do que já havia sido no passado. Por algum tempo, o marido complicou as coisas em casa. Finalmente, ele foi vencido por um argumento que ele não tinha como contrariar: a vida transformada de sua esposa. Esse homem dedicou sua vida a Cristo e também foi batizado.
Apegar-se intimamente a Cristo nos torna instrumentos poderosos em Suas mãos. Podemos dedicar nossa vida a Ele incondicionalmente, pois Ele já fez um compromisso muito maior conosco quando pagou o preço pelos nossos pecados na cruz. Que grande privilégio o de entregarmos publicamente nosso amor e nossa submissão a Deus. Se você ainda não fez isso, escolha dedicar sua vida a Cristo agora mesmo. Peça para Ele criar uma nova vida em você pelo Espírito Santo, e então seja batizado em Cristo.

segunda-feira, 28 de janeiro de 2013

BODAS DE PRATA! O PROPÓSITO DE DEUS PARA NOSSAS VIDAS...

25 Anos de amor, lutas, vitórias e união! Graças a Deus por minha esposa e minha família... Deus já nos havia preparado em seu propósito, algo de maravilhoso para nossas vidas... — ELA & EU! Isete e Julio... 




No último dia 23 de Janeiro de 2013, minha esposa e eu completamos 25 anos de casados (bem casados); até aqui não foram poucas as lutas, as batalhas, algumas perdas; mas no entanto muitas foram as vitórias, conseguimos realizar os planos de Deus para nossas vidas. Juntos temos três filhos, uma neta e um genro, graças damos a Deus pois todos estamos buscando mais da presença do Senhor para nossas vidas. Nesta data tão importante para nós queremos deixar o nosso exemplo de vida, não somos perfeitos, somos falíveis, mas quando Deus tem um propósito para nós e certamente Ele tem um propósito e promessas para cada ser humano existente sobre a face da terra. Que Deus nos dê ainda muitos e muitos anos com vida e principalmente juntos...



Deus tem bênçãos para nos dar, mas também tem um propósito abençoado para nossas vidas que são“pensamentos de paz e não de mal para vos dar o fim que desejais” (Jeremias 29.11). Contudo, este propósito só pode acontecer quando “buscar-me-eis e me achareis quando me buscardes de todo o coração” (Jeremias 29.13).  Muitas vezes não entendemos o propósito de Deus para nós e ficamos lutando em vão até que então aprendemos que “invoca-me e te responderei e anunciar-te-ei coisas grandes e ocultas que não sabes” (Jeremias 33.3) que é propósito de Deus revelado a nós.

>
O povo de Israel teve muita dificuldade em entender e aceitar o propósito de Deus para suas vidas. Viviam reclamando. A murmuração é o louvor a Satanás. Ele tem prazer em ver o crente reclamando por que isso significa que não entendeu o propósito de Deus para sua vida e o inimigo tem legalidade para atrasar suas bênçãos. Por isso o Senhor disse ao povo que pelejaria por eles e se calariam (v.14). Quando não souber ou não entender o propósito de Deus para sua vida na situação que está vivendo, lembre-se que“bom é aguardar a salvação do Senhor, e isso em silêncio” (Lamentações 3.26).
Quando entendemos e aceitamos o propósito de Deus para nós, não apenas recebemos bênçãos do Senhor como passamos a viver uma vida abençoada mesmo diante das dificuldades por que sabemos que as promessas do Senhor não falharão.
Qual o seu propósito aqui hoje?
Vamos aprender com a caminhada de Moisés e o povo de Israel e ver como aprender, entender e aceitar o propósito de Deus em nossas vidas:
1- Aprendendo o Propósito de Deus:
Desde o seu nascimento, Deus teve um propósito especial para a vida de Moisés. Foi tirado das águas e livrado dos soldados para salvar o seu povo. Mas para aprender que Deus tinha um propósito para sua vida, Moisés precisou passar por duas escolas: a Escola do Palácio e a Escola do Deserto.
-A Escola do Palácio: durante os primeiros 40 anos de sua vida, embora não soubesse disso, Moisés foi preparado como um príncipe para governar um povo. Recebeu educação, aprendeu a conversar e se comportar como líder. Estudou com os melhores mestres e aprendeu a escrita para que depois de muito tempo o Senhor o ordenar escrever a sua Palavra. Se ele fosse criado com seus pais, não teria estas oportunidades.
Nós também passamos pela Escola do Palácio quando somos livrados por Deus, quando temos oportunidades de aprender e recebemos prosperidade. Se estiver tudo bem com você, saiba que está nesta escola e aprenda o máximo possível para Deus te usar depois. Como fez também José do Egito no tempo das vacas gordas reservando para o tempo das vacas magras.
-A Escola do Deserto: depois que Moisés começou a amar o povo hebreu e defendeu um escravo matando um egípcio, ele teve que fugir para o deserto de Midiã onde passou mais 40 anos de sua vida. Ali no deserto ele saiu dazona de conforto. Aprendeu a suportar o calor e o frio do deserto. Teve que se acostumar com os alimentos e aproveitar a água escassa. Aprendeu a cuidar do rebanho para depois guiar as ovelhas de Deus. Isso tudo era propósito de Deus para sua vida. No deserto constituiu família e teve uma vida feliz. Deus o estava treinando para viver no deserto e guiar seu povo a Canaã.
Também passamos pela Escola do Deserto quando somos provados por Deus. Sair da zona de conforto é necessário para aprender a viver e valorizar o que Deus nos dá.
Em que escola você está passando agora?
Deus está preparando você para um propósito especial!
2- Entendendo o Propósito de Deus:
Passar pela escola do palácio ou deserto é inevitável, mas entender é uma opção. Com mais de 80 anos de idade Moisés recebe o chamado de Deus na sarça ardente (Êxodo 3.1-14). Foi neste momento que ele entendeu o propósito de Deus para sua vida. Ele relutou com Deus dizendo que não sabia falar, mas Deus lhe dá sinais curando sua mão e transformando uma vara em serpente (Êxodo 4.1-17).
Moisés voltou ao palácio com Arão para anunciar as 10 pragas. Em todo o tempo Deus livrou o seu povo porque tinha um propósito para eles. Faraó teve oportunidades de entender, mas não quis.
O povo de Israel, que era pobre e escravo, em uma única noite se tornou dono de todo o rebanho do Egito (Êxodo 9.1-7), em uma noite as casas e palácios egípcios foram destruídas por uma chuva de pedras (Êxodo 9.13-28) e as casas dos hebreus foram preservadas e em outra noite se tornaram donos de todo alimento da terra por que as plantações dos egípcios foram destruídas pelos gafanhotos (Êxodo 10.1-20) e ao saírem levaram os tesouros deles de maneira que foram embora enriquecidos (Êxodo 12.35,36).
Não há como fugir do propósito de Deus e ser feliz. Entretanto quando entendemos a vontade do Senhor, Ele realiza maravilhas em nossas vidas e nos livra de todo o mal. Vivendo um propósito de Deus somos conduzidos a palácios e Deus não deixa faltar nada em nossas vidas. Deus usa coisas simples como a sarça e poderosas como o fogo para nos mostrar seu maravilhoso propósito.
Você está entendendo o propósito de Deus para sua vida?
Deixe Deus falar com você e te mostrar sua Vontade!
3- Aceitando o Propósito de Deus:
Depois que Moisés entendeu o propósito de Deus para ele, deixou de ser um homem fraco e irado para viver plenamente a vontade de Deus. Ele enfrentou tudo, voltou para o Egito e conduziu o povo para Canaã.  Se não tivesse compreendido e aceitado, não teria condições de suportar tudo o que enfrentou.
Como aceitar o propósito de Deus? Com ORAÇÃO e ATITUDE de fé!
Era isso que Moisés fez em cada situação. Primeiro orava ao Senhor contando o que acontecia e depois agia com autoridade dada por Deus. Veja:
-em perigos ao ser perseguidos por faraó diante do mar: Moisés orou ao Senhor e Deus colocou uma coluna de fogo de dia e de nuvem à noite para guiar o seu povo e os separar dos egípcios. Moisés estendeu a mão e o mar abriu e o povo passou. Depois estendeu a mão e o mar se fechou para livrar o povo e mostrar que o caminho que Deus tem em seus propósitos não tem volta, pois retroceder é a perdição (Êxodo 14.15-25).
-as águas amargas de Mara: depois de cantar e se alegrar do outro lado do mar, foram beber água, esta era amarga. Mas Moisés orou ao Senhor e Deus lhe mostrou uma árvore que lançou na água e esta ficou sã. O segredo aqui não é a árvore que curou a água e sim a atitude de obediência à Palavra de Deus. Depois disso foram para Elim onde Deus lhes deu um oásis com setenta palmeiras e doze fontes, uma para cada tribo (Êxodo 15.22-27).
-em momentos de fome: no deserto de Sim, quando iam caminhando, os alimentos que trouxeram do Egito acabou e o povo murmurou. Moisés orou novamente e Deus mandou o maná fazendo chover pão do céu para alimentar o povo (Êxodo 16.1-10).
-diante da gula do povo: eles se enjoaram do maná chamando-o de “pão vil” e queriam comer carne, mas seu rebanho ia acabando no deserto e não tinham carne para todos. Por isso murmuravam mais ainda. Moisés orou de novo a Deus e o Senhor enviou as codornizes (Êxodo 16.11-21).
-diante da sede do povo: passou um tempo mais e o povo chegou a um lugar chamado Refidim onde sentiram sede por não haver água para beber e o povo murmurou novamente contra Moisés. Ele orou a Deus e o Senhor mandou que tocasse na rocha que jorrou água para todos beberem (Êxodo 17.1-7).
-diante dos inimigos: começaram a surgir os povos ao redor querendo impedir o povo de chegar à Canaã. Os amalequitas atacaram o povo de Israel e Moisés entendendo o propósito de Deus já foi orar no monte profetizando a vitória de mãos erguidas sobre o povo de Deus.
Mesmo com tudo isso, o povo não entendeu. Achavam ótimo ser livrados das pragas, ter prosperidade, comer pão do céu, água no deserto e passar pelo meio do mar, contudo não acreditaram. Rejeitaram o propósito de Deus para suas vidas e sentiam saudades dos “pepinos, alhos e cebolas do Egito”(Números 11.5).





segunda-feira, 21 de janeiro de 2013

Culto de Adoração e Louvor à Deus!

Dia 20 de Janeiro de 2013 (domingo) 19:00 horas, Culto de Adoração e Louvor à Deus na Igreja Assembleia de Deus Tribos e Missões; Planaltina-DF,,, Neste dia a Igreja recebeu a visita de Jovens e Adultos da Clinica de Recuperação Filho Pródigo daquela localidade, o Culto teve como Preletor(Pregador) o Missionário Julio da ADET Asa Norte de Brasília-DF...

[Salmo de Davi] O SENHOR é o meu pastor, nada me faltará. Salmos 23:1

Pastor Anselmo; 2º Pastor da Igreja Local...
Abertura e Introdução do Culto...


Louvor e Adoração...




Demais visitantes e membros da Congregação...
Durante o Culto...






Momento de Oportunidade para Testemunho Pessoal...




Missionário Julio da ADET Asa Norte, durante a ministração da Palavra...






Momento de Reconciliação e Aceitação de Jesus Cristo como único e suficiente salvador..
Momento mais do que especial o relacionamento pessoal com Deus!.


Missionário Julio da ADET Asa Norte, durante a ministração da Palavra...


Momento de Reconciliação e Aceitação de Jesus Cristo como único e suficiente salvador..
Momento mais do que especial o relacionamento pessoal com Deus!.


Pequena Missionária Ana Luísa; neta dos missionários Julio e Isete...


Demais visitantes e membros da Congregação...
Durante o Culto...





Momentos Finais do Culto...



Assim que tenho visto que não há coisa melhor do que alegrar-se o homem nas suas obras, porque essa é a sua porção; pois quem o fará voltar para ver o que será depois dele? 
Eclesiastes 3:22

Toda a Honra e Toda a Glória seja a Deus; pelos maravilhosos objetivos alcançados com este Culto ao Senhor.

sexta-feira, 18 de janeiro de 2013

Aline Barros e Fernadinho ( Rendido estou)

sou um milagre

Milagre da Vida - Cristina Mel

Hinos Antigos Flash Back Gospel

ELVIS PRESLEY - SEGURE NAS MÃOS DE JESUS - GOSPEL- LEGENDADA EM PORTUGUES

Elvis Presley Gospel - Grandioso És Tu

HARPA CRISTÃ HINO *187-MAIS PERTO QUERO ESTAR*

segunda-feira, 14 de janeiro de 2013

Fernandinho - Uma Nova Historia - COMPLETO

Clipe Oficial Thalles - Deus da Minha Vida

Viagem Missionária Internacional - Quênia

Como conclusão da primeira etapa do "Projeto Quênia" existe a previsão de uma viagem missionária internacional ao Quênia, com o objetivo de levar as contribuições arrecadas para a aquisição das carteiras escolares e perfuração do poço para água da escola e demais necessidades; e para conhecimento dos trabalhos que lá são realizados pela Congregação ADET daquela localidade, a viagem será realizada nos seguintes termos:



Estão sendo vendidos números de uma ação entre cristãos no valor de R$ 5,00, para sorteio de um relógio Michael Korns "em ouro" que tem o valor aproximado entre R$ 1.500,00 a R$ 2.000,00, também estão à venda bonequinhos missionários "em artesanato EVA" no valor de R$ 20,00, com objetivo de angariar fundos para o projeto das carteiras e perfuração do poço de água.


Este é o relógio a ser sorteado...

Para mais informações sobre como contribuir e participar favor contatar um de nossos Secretários de Missões; Missionários Julio e Isete.

Ore e contribua com esta maravilhosa obra...

Você pode contribuir e ofertar nesta própria página...

"Não basta sermos muitos, temos que ser um!"

http://adetmissoes.blogspot.com.br/http://adetmissoes.blogspot.com.br/

domingo, 13 de janeiro de 2013

Podemos crer em Deus?


certa vez perguntou a um ateu se ele em algum momento de sua vida lutara contra a idéia, mesmo que por alguns instantes, de que talvez realmente existisse um Deus.

"Com certeza!" disse o ateu, surpreendendo a Jim. "Anos atrás, quando meu primeiro filho nasceu, eu quase me tornei um crente em Deus. Ao olhar para aquele ser humano tão pequeno e tão perfeito deitado ali no berço; ao ver aqueles dedos em miniatura se mexendo e perceber que aqueles pequenos olhos começavam a me reconhecer, eu passei por um período de vários meses de reflexão, durante os quais eu quase deixei de ser ateu. Ver meu filho pequeno quase me convenceu de que tinha de haver um Deus".
1. TUDO O QUE É PROJETADO TEM UM PROJETISTA
A maneira pela qual o corpo humano é constituído e funciona demanda a existência de um projetista. Os cientistas nos dizem que o cérebro é capaz de armazenar e relembrar de milhares de imagens mentais, de solucionar problemas, apreciar a beleza, compreender a si mesmo, e desejar desenvolver-se melhor. As descargas elétricas que se originam no cérebro controlam toda a atividade muscular de nosso corpo. Os computadores também funcionam através de impulsos elétricos. Contudo, foi necessária uma mente humana para inventar o computador, e um ser humano para construí-lo e dizer-lhe o que fazer. Não é de admirar que o salmista concluiu que o corpo humano fala em claro e bom som acerca de um maravilhoso Criador:
"Eu Te louvo porque me fizeste de modo especial e admirável. Tuas obras são maravilhosas! Digo isso com convicção." Salmo 139:14 (A não ser quando indicado, todos os textos bíblicos da série DESCOBERTAS BÍBLICAS são da Nova Versão Internacional [NVI]).

Não precisamos ir muito longe para encontrarmos as "obras" de Deus. A complexa maneira pela qual são constituídos o cérebro humano e os outros órgãos de nosso corpo são "obras" de Deus, e apontam para um projetista infinitamente habilidoso.
Nenhuma bomba de pressão construída pelo homem pode se comparar ao coração humano. Nenhuma rede de computação pode se igualar ao sistema nervoso. Nenhum sistema televisivo é tão eficiente quanto a voz humana, o ouvido e o olho. Nenhum aparelho central de ar condicionado e sistema de aquecimento podem se comparar com o trabalho feito por nosso nariz, pulmões, e pele. A complexidade do corpo humano sugere que alguém o projetou, e esse Alguém é Deus.
O corpo humano é um sistema completo de órgãos - todos interligados, todos cuidadosamente preparados para tal. Os pulmões e o coração, nervos e músculos, todos executam tarefas extremamente complicadas que dependem de outras tarefas incrivelmente complicadas.
Se você marcasse dez moedas, de um a dez, colocasse-as em seu bolso, balançasse bastante o bolso, e então as tirasse, na sorte, e as colocasse de volta, uma a uma, na ordem numérica exata, qual a probabilidade, na sua opinião, de que isso pudesse ocorrer? Pela lei matemática, você tem apenas uma chance em dez bilhões de tentativas, para que consiga colocá-las de volta na ordem de um a dez.
Agora, considerem as chances de que um estômago, um cérebro, um coração, um fígado, as artérias, veias, rins, ouvidos, olhos, e dentes todos se desenvolvam juntos, e comecem a funcionar ao mesmo tempo.
Qual é a explicação mais razoável para a constituição do corpo humano?
"Então disse Deus: 'Façamos o homem à nossa imagem, conforme a nossa semelhança… CRIOU DEUS O HOMEM À SUA IMAGEM,... homem e mulher os criou." Gênesis 1:26, 27
O primeiro homem e a primeira mulher não poderiam ter aparecido por acaso. A Bíblia afirma que Deus nos projetou à Sua imagem. Ele pensou em nós e nos trouxe à vida.
2. TUDO O QUE É FEITO TEM UM CRIADOR 
As evidências a favor de Deus não são confinadas apenas ao nosso corpo; elas também estão espalhadas pelos céus. Deixe para trás as luzes da cidade, e olhe para cima, para um céu estrelado. Aquela nuvem a que chamamos Via Láctea na verdade é uma galáxia formada por bilhões de sóis brilhantes, parecidos com o nosso sol. Inclusive, nosso sol e seus planetas são apenas uma parte da Via Láctea. Nossa Via Láctea é apenas uma das aproximadamente cem bilhões de galáxias que podem ser vistas através dos telescópios gigantes da terra, e através do telescópio Hubble, da Nasa, que cruza o espaço.
Não é de admirar o salmista ter afirmado que as estrelas falam de um glorioso Criador:
"Os céus declaram a glória de Deus; o firmamento proclama a obra de suas mãos." Salmo 19:1.
O que podemos razoavelmente concluir ao olhar para a complexidade e a vastidão do universo?

"No princípio criou Deus os céus e a terra." Gênesis 1:1.
"Ele é antes de todas as coisas, e nEle tudo subsiste." Colossenses 1:17.
Toda a criação testifica de Deus, o Projetista Mestre do Universo e Infinito Criador. Na simplicidade das palavras "No princípio, Deus..." encontramos a resposta para o mistério da vida. Há um Deus que criou tudo o que existe.
Muitas das maiores mentes científicas de hoje acreditam em Deus. Dr. Artur Compton, vencedor de um Prêmio Nobel de Física, comentando sobre esse verso das escrituras, certa vez disse:
"Para mim, a fé começa com a percepção de que há uma inteligência superior que deu vida ao universo e criou o homem. Não é difícil ter fé, pois não há dúvidas de que onde há ordem, deve haver uma inteligência divina. Um universo ordenado, em expansão testifica a verdade da mais gloriosa frase já dita: 'No princípio, Deus.' "
A Bíblia não busca provar a Deus - ela declara Sua existência. Dr. Artur Conklin, um renomado biólogo, escreveu certa vez: "A probabilidade de que a vida tenha se originado de um acidente é comparável à probabilidade de que um dicionário não abreviado tenha surgido à partir da explosão de uma gráfica."
Sabemos que os seres humanos não podem fazer algo à partir do nada. Construímos coisas, inventamos coisas, ajuntamos coisas, mas nunca demos vida a nada, nem mesmo um pequeno sapo ou uma simples flor. As coisas ao nosso redor clamam que Deus projetou, criou e sustém o universo. A única resposta acreditável para a origem do universo, desse mundo, e dos seres humanos é DEUS.


3. DEUS SE RELACIONA PESSOALMENTE COM AS PESSOAS
O Deus que projetou os céus estrelados e que criou o universo, também busca estabelecer um relacionamento pessoal conosco. Ele teve um relacionamento pessoal com Moisés: "O Senhor falava com Moisés... como quem fala com seu amigo" (Êxodo 33:11). Ele também deseja entrar num relacionamento pessoal com você e se tornar seu Amigo. Jesus prometeu para aqueles que O seguissem: "Vocês serão meus amigos" (João 15:14).
Todos já nos deparamos com a idéia de que existe um Deus, pois os seres humanos são naturalmente religiosos. Nenhum animal jamais construiu um altar para adoração. Ainda assim, em todos os lugares em que você encontra homens e mulheres, você encontra culto e adoração. No profundo do coração humano há um desejo natural de adorar, uma consciência da realidade de Deus, e um desejo de se tornar amigo dEle. Quando respondemos a esse anseio e encontramos a Deus, não há mais dúvidas sobre Sua existência e nossa necessidade.
Durante a década de 1990, milhões de ateus na Rússia renunciaram ao ateísmo e buscaram a Deus. Um professor universitário em São Petesburgo afirmou algo que tipifica os comentários feitos por muitos ateus transformados da ex- União Soviética.
"Procurei o sentido da vida em minhas pesquisas científicas, mas não encontrei nada em que confiar. Os cientistas a minha volta têm o mesmo sentimento de vazio. Ao olhar para a vastidão do universo em meus estudos sobre astronomia e ao perceber o vazio da alma, senti que deve haver um sentido para tudo isso. Então, recebi a Bíblia que vocês me deram e comecei a lê-la. O vácuo de minha vida foi preenchido. Eu descobri que a Bíblia é a única fonte confiável para minha alma. Eu aceitei a Jesus como meu Salvador e encontrei a verdadeira paz e satisfação na vida".
Um cristão crê em Deus porque ele ou ela já O encontrou e descobriu que Ele satisfaz os anseios mais profundos do coração. O Deus que os cristãos alegremente descobriram que existe, é capaz de nos dar uma nova perspectiva, um novo significado, novos motivos e novas alegrias.
Deus não promete uma vida livre de problemas e conflitos. Por outro lado, Ele nos assegura que nos guiará e nos susterá se estabelecermos um relacionamento pessoal com Ele. Milhões de cristãos podem testificar que desistiriam de tudo ao invés de voltar para uma vida sem Deus.
Essa é a coisa mais maravilhosa de todas - o Deus Todo-Poderoso que nos projetou, nos criou, e sustém o universo também deseja ter um relacionamento pessoal com cada homem e mulher, menino e menina. Davi estava maravilhado com isso quando escreveu:

"Quando contemplo os Teus céus, obras dos Teus dedos, a lua e as estrelas que ali firmaste, pergunto: 'Que é o homem para que com ele te importes?'". Salmo 8:3, 4
Nosso Criador está "atento" a cada um de nós. Ele tem um interesse tão pessoal em você como se você fosse o único ser a quem Ele tivesse criado.
Portanto, podemos crer em Deus: (1) Por causa da complexidade de tudo o que Ele criou em nós; (2) Por causa do desejo dentro de nós que nos deixa inquietos até que encontramos descanso nEle; e, (3) Porque quando O buscamos e O encontramos, Deus satisfaz cada necessidade e anseio que temos - abundantemente!
4. QUE TIPO DE DEUS ELE É?
É razoável pensar que um Deus pessoal desejaria Se revelar aos Seus seres criados como um pai deseja que seus filhos o conheçam. E, na Bíblia, Deus nos diz quem e como Ele é.
Que padrão Deus usou para criar os homens e as mulheres?
"Criou Deus o homem à Sua imagem, à imagem de Deus o criou". Gênesis 1:27
Já que somos feitos à imagem de Deus, nossas capacidades de refletir e sentir, de lembrar e de ter esperança, de ponderar e analisar - enfim, tudo é derivado dEle.
Qual é o traço predominante em Deus?
"Deus é amor" I João 4:8.
Deus se relaciona com o ser humano baseado em seu próprio coração de amor. Não há nada que Ele tenha feito ou que fará que não seja motivado por um amor altruísta e de sacrifício.
5. DE QUE MANEIRA JESUS REVELA O CARÁTER DE DEUS
Na Bíblia, Deus repetidamente fala de Si mesmo como um pai.
"Não temos todos o mesmo Pai? Não fomos todos criados pelo mesmo Deus?" Malaquias 2:10.
Alguns pais que vemos atualmente são qualquer coisa menos desejáveis. Há pais negligentes e abusivos. Deus não é assim. Ele é um Pai sensível e protetor. Ele é o tipo de Pai que adora brincar com seu filho ou sua filha, o tipo de Pai que encanta seus filhos ao contar-lhes maravilhosas histórias na hora de dormir.
Nosso Pai de amor queria fazer mais do que Se revelar através das palavras da Escritura. Ele sabia que alguém que vive conosco é muito mais real do que alguém de quem apenas ouvimos falar ou sobre quem lemos num livro. Por isso, Ele veio ao mundo como uma pessoa real - a pessoa de Jesus.

"[Jesus] é a imagem do Deus invisível, o primogênito". Colossenses 1:15.
Por isso, se você já viu a Jesus, você já viu a Deus. Ele se humilhou ao nosso nível - tornando-se como nós - para que pudesse nos ensinar como viver e ser feliz, e para que pudéssemos ver como Deus realmente é. Jesus é a imagem visível de Deus. Ele mesmo disse: "Quem Me vê, vê o Pai". (João 14:9).
Ao ler a história de Jesus nos quatro evangelhos, os primeiros quatro livros do Novo Testamento, você vai descobrir um retrato fascinante de nosso Pai celestial. Pescadores rudes largaram suas redes para seguir a Cristo, e crianças pequenas concorriam entre si para receber Sua bênção. Ele confortava o pecador mais arrasado e desarmava o maior legalista e hipócrita. Ele curava tudo, desde cegueira até lepra. Em todos os Seus atos, Jesus demonstrou que Deus é amor! Ele supria a necessidade humana de uma maneira que ninguém nunca tinha feito antes dEle - e nem fez depois!
A revelação final de Jesus sobre como é Deus aconteceu na cruz.
"Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deus o Seu Filho Unigênito, para que todo o que nEle crer, não pereça, mas tenha a vida eterna." João 3:16.
Jesus morreu não apenas para nos dar uma vida mais feliz, mas também para nos dar uma vida eterna. Por muitos anos as pessoas se maravilharam, aguardaram e sonharam com Deus. Elas viram as obras das Suas mãos no céu e nas maravilhas da natureza. Então, na cruz, Jesus quebrou o silêncio de tantas eras, e as pessoas perceberam que estavam olhando para a própria face de Deus, vendo Ele como realmente era - AMOR... amor eterno e imortal!
Você pode descobrir Deus agora mesmo através da revelação de Jesus Cristo. Essa descoberta conduzirá você a fazer uma afirmação muito pessoal: "PAI, EU TE AMO!".

Classificação da Perseguição Religiosa 2016!

Classificação da Perseguição Religiosa 2016!
Classificação dos 50 Países com Perseguição Religiosa, onde seguir à Jesus pode custar a vida. Atualizado em 2016.

Noticias Gospel Mais...

Parceria

O Evangelho de Jesus Cristo, alçando o Mundo!

My Instram